A Embrapa realizou uma sondagem online entre julho e agosto de 2019 com 712 profissionais do setor agropecuário. Foram levantados os principais desafios no que diz respeito a pastagens, que é o principal alimento do gado brasileiro.

Foi observado através da sondagem, que a baixa fertilidade de solo é o maior limitante no desenvolvimento da atividade pecuária. É isso o que afirmou 42% dos entrevistados.

Já ouviu falar de pastejo rotacionado? Saiba mais no artigo abaixo:

Segundo a agrônoma Patrícia Menezes Santos, pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste, existe a dificuldade de se entender o momento correto de se aplicar uma determinada técnica. Esta realidade também se apresenta quando o assunto é fertilidade do solo.

Para atacar esta questão pode-se utilizar o manejo da fertilidade de solo. Porém, é comum os produtores começarem a adubar áreas de pasto sem terem a fazenda preparada para isto.

Infelizmente, existem pecuaristas que investem em adubação sem planejar, e depois não conseguem comprar os animais. Desta forma, perde-se o capim e o dinheiro. O produtor acaba queimando uma tecnologia que, se bem adotada e administrada no momento correto, pode ser muito interessante.

É possível, por exemplo, fazer a divisão de pasto para adequar manejo e capacidade de lotação e ter capital para fazer a reposição, uma vez que com maior suporte, o gado pode aumentar.

Tenha planejamento na hora de cuidar do solo da sua fazenda, a fim de que ela usufrua do seu potencial de fertilidade. Utilize também a tecnologia a seu favor. Aumente a produtividade das suas pastagens com o CPT Adubação Premium.

Fonte: Giro do Boi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *