Benefícios da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) para a pequena empresa

O QVT (Qualidade de Vida no Trabalho) é um termo recente que invadiu a mídia, a literatura organizacional e as conversas informais nas empresas. O termo resume uma infinidade de fatores relacionados ao desempenho favorável dos colaboradores (funcionários) das empresas.

A satisfação do trabalhador no ambiente de trabalho e na execução de suas tarefas tornou-se um requisito para que estes possam alcançar os índices de produtividade esperados por seus chefes.

Os pequenos empresários devem ficar atentos. O QVT também é um conceito que pode e deve ser empregado nas pequenas empresas. Ele envolve vários pontos que merecem uma atenção especial por parte dos pequenos empreendedores na relação com seus colaboradores. Abaixo, encontram-se os principais pontos valorizados pelo QVT e que devem ser avaliados com cuidado pelos pequenos empresários:

Condições de Trabalho: avaliação da satisfação dos funcionários com as condições ambientais físicas em que executam suas funções, analisando variáveis como limpeza, arrumação, insalubridade, segurança, cores do ambiente, ergonomia, iluminação, poluição sonora, temperatura ambiente, odores, decoração, layout e espaço, umidade, material e equipamentos;


Saúde: Alimentação no trabalho, plano de saúde, prevenção de acidentes no trabalho e estresse;


Moral: Nível de satisfação dos colaboradores quanto às atividades da empresa relacionadas à moral do pessoal, como relações interpessoais, reconhecimento, orientação, treinamento e motivação;


Compensação: remuneração, benefícios e comissões;


Participação dos colaboradores no trabalho: liberdade de expressão, repercussão de ideias, capacitação, responsabilidade, autonomia e a abertura aos colaboradores para a comunicação formal e informal na empresa;


Organização do trabalho: inovações no trabalho, organização de métodos e processos, divisão do trabalho, ritmo e jornada de trabalho, valorização do cargo, identificação com a tarefa, garantia de emprego, conhecimento e responsabilidade pelos resultados no trabalho;


Relação Chefe-Subordinado: apoio sócio emocional, orientação técnica, igualdade de tratamento, delegação de atividades, gerenciamento pelo exemplo, liberdade de expressão, relacionamento com o chefe, incentivo e motivação para os colaboradores.

O pequeno empresário, ao conceder essas e outras condições saudáveis de trabalho aos seus colaboradores, garante, em consequência, a produção de resultados satisfatórios e o alcance dos objetivos do negócio. Tudo isso com a participação eficiente e comprometida da própria força de trabalho, que se sentirá motivada a permanecer no emprego e a colaborar no crescimento do negócio.

Thayana Abreu – Editora e Revisora CPT Softwares

Desenvolvedor de sistemas no CPT Softwares desde 2009. Graduado e Mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal De Viçosa - UFV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *