Cai 17% a produção global de suco de laranja

Cai 17% a produção global de suco de laranja

Dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) prevêem para a temporada 2019/2020 queda de 17% na produção global de suco de laranja em relação ao ciclo anterior. Segundo a projeção do relatório do departamento americano, divulgado no dia 23 de janeiro, este ano chegará a 1,7 milhão de toneladas de suco.

O volume reduzido do produto se deve a menor produção da sua fruta: a laranja. A baixa produtividade foi percebida não só nacionalmente, mas ao redor do mundo. O clima desfavorável causou perda de volume da fruta cítrica em diversas regiões, como no Egito, Marrocos, União Europeia, assim como no Brasil.

A USDA estima que sejam produzidas em terras brasileiras 992 mil toneladas de suco no atual ciclo, 25% a menos que a temporada 2018/2019. Enquanto o consumo e estoque internos sobem levemente, a exportação deve reduzir 27%, consequência da menor produção de laranjas.

Apesar da queda, o país segue como maior produtor da commodity. E ainda é esperado que o Brasil cubra mais de três quartos de todas as exportações pelo globo no atual ano produtivo da fruta.

A estimativa é de 3,9 milhões de toneladas a menos no volume de frutas a serem processadas. A laranja fresca deve atingir o menor consumo em quatro anos, atingindo 4,7 milhões de toneladas.

Lembre-se que com auxílio da tecnologia, é possível produzir preparado para as instabilidades do mercado.

Fonte: Dinheiro Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *