Os transtornos mais temidos pelos agricultores e que, com certeza, têm o maior potencial de gerarem prejuízos econômicos às lavouras são os fitossanitários. Dessa forma, o homem rural está sempre em busca de alternativas capazes de auxiliar no controle de pragas e doenças nas plantações.

É importante conhecer profundamente os inimigos biológicos para se antecipar a eles e conseguir tocar a atividade agrícola sem maiores percalços. Sob essa perspectiva, o CPT Softwares desenvolveu o CPT Agropédia e Receituário – Software para Auxiliar na Identificação e no Combate a Pragas e Doenças das Lavouras, sistema de emissão de receituário agronômico para a identificação e combate de ameaças das lavouras de forma eficiente.

Ao adquirir esse programa, o usuário passa a ter acesso a um banco de dados completo constituído de mais de cinco mil documentos sobre defensivos agrícolas, ingredientes ativos, plantas daninhas, insetos e doenças, além de trechos de vídeos e de cursos sobre o assunto extraídos de cursos exclusivos do CPT- Centro de Produções Técnicas.

Os recursos mais importantes desse software são:

– Interface prática e intuitiva.

– As informações sobre os defensivos agrícolas são atualizadas de acordo com o AGROFIT (Sistema de Agrotóxicos Fitossanitários) que divulga os produtos aprovados pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

– Através do módulo receituário agronômico, o usuário importa todas as informações necessárias do banco de dados, facilitando a emissão da receita que pode ser configurada de acordo com os modelos de cada Estado Brasileiro.

– Imagens ilustram pragas e doenças da plantação.

– Cadastro de dados dos clientes/proprietários, das propriedades, dos profissionais e do número da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

– Relatório de histórico das últimas buscas realizadas no banco de dados e das receitas emitidas.

Não perca tempo e adquira o CPT Agropédia e Receituário!

Por Bruna Falcone Zauza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *