Dicas para gestão de estoque de empresas

Para ganhar maior potencial de competitividade no mercado, o uso de tecnologias de ponta faz toda a diferença. Em especial os gerenciadores em softwares, que otimizam os processos e aumentam as chances de crescimento dos negócios. Um desses gerenciadores é o que controla o estoque das empresas, o CPT Almoxarifado. Esse revolucionário software proporciona ao gestor modernização, segurança e agilidade na armazenagem de materiais e patrimônios móveis da empresa.

Além da automação do estoque (almoxarifado) – onde o controle dos processos de armazenagem, separação e inventários é realizado por micro terminais e as mercadorias, monitoradas por meio do código de barras, outras estratégias podem ajudar o empreendedor a gerir melhor seu almoxarifado. Veja as dicas abaixo:

Atenção à gestão de demandas

Muitos gestores pecam no gerenciamento de demandas – inclusive este é um dos erros mais comuns na gestão de estoques. Para impedir falhas desse tipo, analise periodicamente as demandas para ajudá-lo no momento de recalcular os parâmetros de planejamento – como médias de consumo e estoque de segurança.

Padronização de itens e descrições

É muito comum cadastrar o mesmo item várias vezes quando o controle não é feito de forma adequada. Mais uma vez, a gestão de almoxarifado feita por meio de softwares evita que erros desse tipo aconteçam na empresa. O programa CPT Almoxarifado pode ajudá-lo na padronização de itens e descrições com rapidez e precisão.

Acuracidade do estoque da empresa

A empresa que faz inventários gerais aumenta a carga de trabalho dos funcionários e torna o procedimento dispendioso, sem falar na pouca praticidade e nenhum bom resultado. Portanto, o melhor a fazer é o inventário rotativo – contanto que seja feito pelo pessoal do almoxarifado. Dessa forma, os funcionários estarão aptos a medir diariamente a acuracidade dos estoques, além de poderem investigar e corrigir prováveis falhas.

Reorganização e limpeza do estoque

Periodicamente lembre-se de fazer a reorganização e a limpeza do estoque. Para isso, dê outro destino aos itens obsoletos e sem movimentação. De que forma? Faça promoções e reciclagem, promova feiras para os funcionários da empresa ou utilize os itens como premiação a funcionários e clientes. Afinal, não é porque os itens não foram vendidos que são de baixa qualidade. Faça sempre o saneamento do estoque, pois você verá que o espaço liberado será surpreendente.

Por Andréa Oliveira.

Fonte: Administradores.

Desenvolvedor de sistemas no CPT Softwares desde 2009. Graduado e Mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal De Viçosa - UFV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *