As 4 principais técnicas de irrigação

Irrigação por aspersão

A irrigação é um dos processos mais importantes no cultivo da maioria das espécies vegetais. Essa técnica foi sendo desenvolvida e aperfeiçoada com o passar dos anos. A falta ou a irregularidade das chuvas é prejudicial às plantas, pois elas precisam de água com determinada frequência para que possam se desenvolver saudavelmente.

Por conta dessa necessidade, a agricultura estava sofrendo um impacto na produção. A partir disso, tornou-se essencial desenvolver técnicas que conseguissem solucionar esse problema, manejando a água e destinando-a para a irrigação das plantas da melhor forma possível.

Com o surgimento de vários sistemas de irrigação, cada um ligado ao clima, solo e tipo de cultura de cada região, eles foram se tornando vitais para o cultivo de plantas. E, mais, hoje eles garantem a lucratividade do produtor e o melhor desenvolvimento das culturas.

Saber escolher qual sistema de irrigação adotar pode ser determinante para o sucesso da cultura, uma vez que uma irrigação errada prejudica o desenvolvimento das culturas irrigadas. Para avaliar qual o melhor sistema para o tipo de plantas que você cultiva, é preciso levar em conta uma série de fatores, como o próprio tipo da planta, quais as características do solo, qual o clima, a capacidade de armazenamento de água e o tamanho que se deseja irrigar. Um profissional qualificado pode ser fundamental para essa escolha.

Conheça agora as 4 principais técnicas de irrigação utilizadas no Brasil:


- Irrigação por aspersão

O sistema de irrigação por aspersão ou convencional é formado por um conjunto de bombeamento, tubulação, aspersores e acessórios, como conectores, válvulas, registros e outras peças. Na linha onde estão instalados os aspersores, a vazão é multiplicada pelo número de aspersores na linha. Uma das vantagens é que esse sistema é de fácil adaptação aos mais diferentes terrenos e culturas e baixo custo de implantação.

- Irrigação autopropelido

No sistema de irrigação autopropelido, há a introdução de um único canhão ou um mini canhão, que é instalado em um carrinho. Esse carrinho se desloca longitudinalmente por toda a área a ser irrigada. Uma das suas grandes vantagens é a facilidade de manejo, sendo indicado para a irrigação de culturas que apresentem a topografia plana ou levemente inclinadas, como é o caso de pastagens, pomares e cafezais.

- Irrigação por microaspersão

Esse sistema é facilmente adaptável às mais diversas condições topográficas da cultura. São utilizados emissores, que lançam gotículas de água, formando uma espécie de chuva, o que proporciona às plantas uma irrigação mais suave e mais uniforme. É muito utilizado em fruticultura, jardins e na irrigação em casas de vegetação.

- Irrigação por gotejamento

Já a irrigação por gotejamento proporciona um melhor aproveitamento da água, uma vez que, nesse sistema, a água é depositada diretamente nas raízes das plantas, formando pequenos círculos ou faixas úmidas, reduzindo a perda de água por evaporação. Muito utilizado na produção de frutas e vegetais.

Conheça nossos Softwares para a Gestão Agropecuária:


CPT Irrigação por Aspersão
CPT Manejo de Irrigação
CPT Microaspersão e Gotejamento

Fonte: CPT Cursos Presenciais – cptcursospresenciais.com.br
por Renato Rodrigues

Softwares Relacionados

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

O CPT SOFTWARES garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

CPT SOFTWARES LTDA © 2008 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Padre Serafim, 30 Loja 6 BOX N, Centro - Viçosa - MG / CEP: 36570-093
CNPJ: 17.612.421/0001-76

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade