Bem-estar de suínos na maternidade aumenta produtividade

Bem-estar de suínos na maternidade aumenta produtividade

O tratamento humanizado em todo tipo de criação animal está cada vez mais difundido mundialmente. Os criadores perceberam que, ao garantir conforto aos animais, a performance do rebanho torna-se otimizada. Na suinocultura, não é diferente, o bem-estar dos suínos em todas as fases de criação, principalmente na maternidade, aumenta a produtividade do plantel de forma bastante significativa.

Gestão e infraestrutura

Quando manejados em infraestrutura apropriada, de acordo com princípios avançados de gestão, os suínos ganham maior longevidade, pois não apresentam doenças nem danos físicos originados de maus tratos. Se isso é bom para os animais, imagine para os suinocultores? Com animais vigorosos e plenos de saúde, não mais são necessárias reposições, o que garante redução de gastos e maior economia ao criador de suínos.

Automatização e controle operacional

O tratamento humanizado, realizado por tratadores bem treinados, evita o estresse dos suínos. Como resultado, as gestações das leitoas tornam-se mais regulares, com crias sempre saudáveis. E quando o suinocultor implanta sistemas automatizados, como o CPT Suínos - Software para Gerenciamento de Granjas de Suínos, o controle operacional é potencializado em todas as fases de criação de suínos.

Tecnologia aliada ao conforto e bem-estar animal

Do manejo alimentar à fase reprodutiva das leitoas, tudo é conduzido com o auxílio da plataforma, desenvolvida para que os suinocultores aumentem a produtividade do plantel, assim como sua performance reprodutiva. Dessa forma, é possível garantir maior sustentabilidade aos negócios. Com a tecnologia associada às boas práticas do conforto e bem-estar animal, os rendimentos da granja são ainda mais surpreendentes.

Práticas de conforto e bem-estar na granja

1. O comportamento dos suínos é bastante peculiar, pois eles são animais comportamentais, que sabem diferenciar o local de alimentação, de dejetos e de repouso. Portanto, é essencial organizar o ambiente considerando tais hábitos. O ideal são 2,25 m² (porcas adultas) e 1,64 m² (porcas novas desmamadas). A área reservada para cada animal deve permitir que ele se movimente com facilidade e durma com conforto.

2. Como os suínos apresentam grande sensibilidade à temperatura, a faixa de conforto térmico recomendada para os animais adultos deve permanecer entre 16 e 21 °C. Já os leitões recém-nascidos requerem temperaturas entre 31 e 34 °C e os leitões de 35 dias, temperaturas entre 26 e 30 °C. Na maternidade, é importante instalar cortinas para impedir ventos fortes, além de escamoteador aquecido.

3. Os alojamentos dos suínos devem ser distantes de ruídos, para evitar o estresse dos animais. Inclusive, os ventiladores dos galpões devem ser os mais silenciosos possíveis. Caso contrário, podem causar desconforto, agitação e demais alterações no comportamento dos suínos. É preciso ressaltar que o objetivo é garantir o conforto e bem-estar do plantel para alcançar boa produtividade. Com isso, o suinocultor terá uma série de vantagens.

Fonte: confortoanimal.marangoni.com.br

Por Andréa Oliveira.

 

Softwares Relacionados

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

O CPT SOFTWARES garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

CPT SOFTWARES LTDA © 2008 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Padre Serafim, 30 Loja 6 BOX N, Centro - Viçosa - MG / CEP: 36570-093
CNPJ: 17.612.421/0001-76

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade