Roupas masculinas terão novas medidas em 2012

 

 

A partir de 2012, o consumidor masculino poderá ao invés de recorrer à numeração, fornecer ao vendedor suas referências de medidas da cintura, peitoral, estatura e colarinho.

A partir de 2012, o consumidor masculino poderá ao invés de recorrer à numeração, fornecer ao vendedor suas referências de medidas da cintura, peitoral, estatura e colarinho.

 

 

Atenção homens! A partir de março de 2012, é preciso ficar mais atento na hora que forem comprar calças e camisas. De acordo com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a partir de março de 2012, o consumidor masculino poderá ao invés de recorrer à numeração, fornecer ao vendedor suas referências de medidas da cintura, peitoral, estatura e colarinho.

 

A novidade visa facilitar a compra de roupas. Além das medidas, outra referência que poderá auxiliar o homem ao adquirir uma roupa é o tipo de corpo, dividido em atlético, normal e especial (para pessoas obesas).


As novas formas de medidas foram definidos pela ABNT e, agora estão sob consulta pública durante 60 dias para serem homologados até o final março. Se não houver necessidade de alterações técnicas que determinem o retorno para a consulta, será providenciada a sua publicação como Norma Brasileira (NBR).


Mesmo com a mudança as empresas de confecção não serão obrigadas a aderir as novas medidas. Mas, para a ABNT, as normas poderão constituir um importante guia para confeccionistas, podendo facilitar a escolha do consumidor no momento da compra.

 

Segundo Maria Adelina Pereira, engenheira da ABNT, as empresas que aderirem terão que indicar na etiqueta as medidas usadas para a fabricação da roupa. As referências seguem o padrão internacional e foram validadas por modelistas do país.

 

As mudanças além de beneficiar o consumidor, irá ajudar no trabalho dos lojistas. A nova norma poderá resultar em aumento da confiabilidade e redução de trocas, entre outros benefícios, segundo a ABNT.

Roupas infantis e juvenis já estão padronizadas e são comercializadas desde novembro de 2009 de acordo com as normas. Já para as confecções femininas, não há definição de regras.


Clique Aqui e conheça o programa de gerenciamento para loja de roupas e calçados.

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Processo de Produção em uma Confecção de Roupas

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Receba Mais Informações

O CPT SOFTWARES garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

CPT SOFTWARES LTDA © 2008 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Padre Serafim, 30 Loja 6 BOX N, Centro - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 17.612.421/0001-76

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade