Black Friday - Todos os Softwares com 10% off

Recall: um reparo necessário, mas pouco lembrado

Pesquisa mostra que brasileiros não se lembram de fazer o recall recomendado pelas empresas automobilísticas.

Quando as empresas verificam falhas em algum produto, elas precisam acionar os consumidores para eventuais reparos, sem custos adicionais. O recall ou “recolhimento de produto” é assegurado pelo Código de Defesa do Consumidor, que afirma que o fornecedor não pode colocar no mercado de consumo produto ou serviço que apresente um alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.

Na indústria automobilística, o recall é necessário quando o fabricante verifica algum defeito no automóvel que possa prejudicar a segurança no trânsito. Mesmo assim, no Brasil, a maioria dos motoristas não se lembra de fazer o recall, segundo uma pesquisa da GfK, empresa de pesquisa de mercado no Brasil e no mundo.

De acordo com a pesquisa, 62% dos entrevistados não se lembram de um recall de automóveis.  Dentre os entrevistados, as mulheres são as que menos se recordam (71%). Já entre os jovens motoristas, 69% dos entrevistados com idades entre 18 e 24 anos disseram não se lembrar de um recall.

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (PROCON-SP) informa que, caso não haja retorno dos consumidores ao recall do fornecedor, em número adequado e compatível ao objetivo proposto, o fornecedor deve adotar um novo recall, além de buscar outras formas que alcancem efetivamente os consumidores. Dessa maneira, eles se conscientizarão da importância de procurar as empresas, seguir as orientações nos reparos e dirigir com segurança garantida pelos fabricantes.

 

Receba Mais Informações

O CPT SOFTWARES garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

CPT SOFTWARES LTDA © 2008 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Padre Serafim, 30 Loja 6 BOX N, Centro - Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 17.612.421/0001-76

Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Quer Facilidade