Daniela Bueno, diretora executiva da Acrimat, diz que o produtor agropecuário é o maior conservador ambiental do Brasil

A diretora da Acrimat (Associação Brasileira dos Criadores de Mato Grosso), no programa Direto ao Ponto alega que a agropecuária brasileira não precisa abrir mais áreas na Amazônia para se desenvolver. Como prova, Bueno expõe o desenvolvimento da atividade nos últimos 10 anos no estado do Mato Grosso.

Segundo ela, entre 2009 e 2019, o gado mato-grossenses foi ampliado de 27 milhões de cabeças para 30 milhões de cabeças. Porém, neste período a área ocupada pelo rebanho caiu de 25,3 milhões de hectares para 24 milhões.

Integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF)

O estado do Mato Grosso tem sido um dos que mais cresce no uso da técnica de integração lavoura-pecuária. A prática da integração permite até três safras em um só ano. Essa é a tendência: melhorar a produtividade e as técnicas, sem abrir mais terras.

Ficou curioso com a novidade? A integração lavoura-pecuária-floresta (ou ILPF) é uma técnica revolucionária, desenvolvida no Brasil, que concilia a produção no campo e a preservação ambiental. Saiba mais lendo este artigo:

Desinformação

Daniela adverte que ainda há muita desinformação quando se fala da sustentabilidade da agropecuária brasileira.

A dirigente traz dados de uma pesquisa da Embrapa Territorial, divulgada em junho, mostrando que os produtores investem R$ 20 bilhões por ano para manter áreas preservadas dentro de suas próprias terras.

A pesquisa revela também que as unidades de conservação em terras indígenas e de vegetação nativa equivale ao território de 15 países da União Europeia.

“Os produtores têm hoje valores de terras usadas para conservação, de R$ 3,5 trilhões. Sem dúvida alguma, o produtor brasileiro é o maior conservador do meio ambiente do Brasil. Nenhuma outra categoria, nem mesmo o governo federal investe esse valor na preservação do meio ambiente”, esclareceu Bueno. 

Conforme Daniella Bueno, 99% dos pecuaristas respeitam a legislação ambiental. Ela diz ter a absoluta certeza de que a responsável pela destruição do meio ambiente, principalmente da floresta amazônica, não é da pecuária, nem da agricultura.

Administre a sua propriedade de forma mais consciente e sustentável! Use tecnologia para manter sua terra rentável o ano inteiro. Utilize o CPT Fazenda Premium:

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *