Segurança virtual nas pequenas empresas

Investir em segurança da informação é imprescindível. A pesquisa Symantec 2010 sobre Proteção das Informações nas Pequenas e Médias Empresas revelou que 48% das empresas brasileiras já perderam algum tipo de dado confidencial ou proprietário. Quase a metade das empresas entrevistadas afirmaram que o risco de ataques virtuais é umas das suas principais preocupações.

Ataques cibernéticos têm como objetivo roubar informações, incluindo dados de contas bancárias ou cartões de crédito. O Relatório Symantec 2010 mostra que as empresas da América Latina perdem mais de US$ 500 mil por ano em decorrência de ataques virtuais.

s empresários precisam investir em ferramentas que garantam a segurança virtual nas pequenas empresas. Além disso, é preciso orientar os funcionários e colaboradores para que sejam evitadas condutas que possam propiciar ataques e invasões virtuais.

Não basta somente fazer a instalação de um sistema antivírus. É preciso alternativas mais eficientes como estabelecer restrições de navegação entre os colaboradores e utilizar ferramentas para fazer o controle e definição de regras sobre o uso da internet.

Adotar uma política de conscientização sobre os problemas e os riscos de ataques virtuais e explicar que o uso de ferramentas de segurança virtual é extremamente importante para garantir que todas as informações da empresa sejam protegidas.

Os softwares gerenciais do CPT Softwares permite o empresário inserir de forma rápida e segura todas as informações e dados financeiros da empresa. Além isso auxilia o empresário a fazer o gerenciamento do negócio.

Desenvolvedor de sistemas no CPT Softwares desde 2009. Graduado e Mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal De Viçosa - UFV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *